Fugazi – 13 Songs

Apesar de ser uma junção dos dois primeiros EPs, 13 Songs é constantemente e erroneamente considerado o primeiro álbum do Fugazi. Mas dá pra entender, afinal, não foram os dois EPs (Fugazi de 1988 e Margin Walker de 1989) que se tornaram um dos maiores clássicos do rock underground, foi 13 Songs.

Após pequenas mudanças a banda se consolidou com Ian MacKaye (vocal/guitarra), já conhecido por ter feito parte de várias bandas de hardcore do começo dos anos 80, dentre elas a importantíssima Minor Threat que, sem querer, foi o berço do movimento ‘straight edge’, Joe Lally (baixo) e Brendan Canty (bateria), já conhecido por ter feito parte do Rites Of Spring que é constantemente considerado o pai do emo. Após alguns shows, Guy Picciotto, companheiro de banda de Brendan Canty no Rites Of Spring, também entrou para o grupo, inicialmente apenas como backing vocal, acabou se tornando vocalista de boa parte das músicas, e no EP Margin Walker, ainda que timidamente, chegaria a tocar guitarra.

A banda é marcada por várias questões éticas e ideológicas que deixarei para reviews posteriores. No momento basta saber que Ian MacKaye é um dos fundadores da Dischord Records, que é a gravadora do grupo.

Em 13 Songs já dá pra ter uma boa ideia do que a banda é, muito mais do que uma simples banda de hardcore, é evidente uma tendência do grupo de se distanciar do usual. Não é comum no hardcore que o baixo, mesmo que simples e repetitivo, possua tanto destaque nas músicas, como ocorre em Waiting Room, Suggestion e And The Same.

E diferente do que ocorre em várias bandas de hardcore e punk, as músicas não soam iguais, de fato soam da mesma banda, mas as faixas se diferenciam evidentemente uma das outras, a simples troca de vocalistas já faz isso muito bem, o vocal grave e berrado de Ian MacKaye, perfeito para a plateia gritar em conjunto, se contrapõe ao vocal as vezes mais calmo, as vezes soando como se estivesse queimando até a morte, de Guy Picciotto. Não é difícil distinguir os dois. A diferença dos vocais fica muito clara em músicas em que ambos cantam, com um deles fazendo um papel mais secundário, como ocorre por toda Waiting Room, nos “It Spreads” de MacKaye em Give Me The Cure e nos raros momentos que Picciotto dá as caras em Suggestion, em especial quando ambos repetem “What It Is?”.

MacKaye mostra-se no álbum um excelente letrista, criando letras com trechos impactantes e abordando temas bem diferentes, estupro em Suggestion, suicídio em Margin Walker, estar preso em Waiting Room, AIDS em Give Me The Cure, vício em drogas em Glue Man….

Passando pela hardcore Margin Walker, pela extremamente intensa Glue Man, pelas crescentes Give Me The Cure e Promises e por refrões que você já imagina a público cantando junto do vocalista nos shows ao vivo como And The Same e Bad Mouth, 13 Songs acaba se consolidando com uma quantidade absurda de grandes momentos. Não é de se admirar que o álbum marcou bastante a cena underground e a banda passou a servir de influência para dezenas, centenas, milhares para outras.

Waiting Room acabou se tornando o maior clássico da banda, e um dos maiores clássicos do hardcore, underground, rock alternativo; a música já ganhou covers de Rancid, Red Hot Chili Peppers, The Wildhearts, Billy Talent e tudo quanto é banda punk/alternativa, mas nenhum jamais chega sequer à sombra da original.

E pensar que a banda nem havia mostrado ainda tudo do que era capaz…

Fugazi – 13 Songs (1989)
Gênero: Post-Hardcore

01 – Waiting Room – 2:54
02 – Bulldog Front – 2:53
03 – Bad Mouth – 2:36
04 – Burning – 2:39
05 – Give Me The Cure – 2:59
06 – Suggestion – 4:44
07 – Glue Man – 4:21
08 – Margin Walker – 2:30
09 – And The Same – 3:27
10 – Burning Too – 2:41
11 – Provisional – 2:17
12 – Lockdown – 2:10
13 – Promises – 4:01

Destaques:
Waiting Room, Give Me The Cure, Suggestion, Margin Walker, Promises

DOWNLOAD

Tudo By LA

“Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador. Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apagá-lo ou comprá-lo após 24 horas. – A aquisição desses arquivos pela Internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário. Os donos, administradores e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do blog não têm responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que irá utilizá-los”.

Anúncios

Sobre lavemmenamora

Aham, tou sabendo..
Esse post foi publicado em Fugazi e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s